CÂNCER DE PRÓSTATA

A próstata é uma glândula que faz parte do sistema reprodutor do homem, produzindo (secretando) um líquido que se junta à secreção da vesícula seminal para formar o sêmen (esperma) e auxiliar no transporte dos espermatozóides, produzidos nos testículos até a sua ejaculação durante o orgasmo. É também dentro dela que ocorre a transformação do principal hormônio masculino - a testosterona - em diidrotestosterona, que, por sua vez, é responsável pelo controle do crescimento dessa glândula. 

O Câncer de Próstata é o câncer mais incidente na população masculina. No Brasil, todo ano, cerca de 50 mil homens são diagnosticados com a doença. Estima-se que o risco de desenvolver esse câncer ao longo da vida é 15-20%. Embora ocorram casos em que há influência genética (hereditária), isso representa apenas 15% dos tumores de próstata, em outras palavras, 85% dos casos de câncer de próstata acontecem em pacientes que não têm nenhum histórico familiar da doença. 

Na fase inicial, o câncer de próstata não provoca nenhum sintoma, o que torna o exame preventivo ainda mais importante. Um câncer diagnosticado nessa fase tem mais de 90% de chance de cura. O mesmo não se pode dizer para as fases avançadas. 

Quando a doença não está mais na fase inicial, alguns sintomas podem ocorrer:

  • Urinar pouco de cada vez;
  • Urinar com muita frequência, principalmente à noite;
  • Dor ou ardência ao urinar;
  • Urinar com dificuldade;
  • Presença de sangue na urina;
  • Dor ao ejacular;
  • Perda de peso;
  • Dor óssea.

 

O exame preventivo de câncer de próstata baseia-se na dosagem de PSA e exame da próstata ("exame de toque"). O PSA (Antígeno Prostático Específico) é uma substância produzida pela próstata e dosada no sangue. O fato desse exame estar normal, não exclui a chance de câncer. É necessário realizar também o exame da próstata. 

Para prevenção de Câncer de Próstata, havendo histórico familiar, recomenda-se iniciar consultas com o Urologista a partir dos 45 anos; nos demais casos, aos 50 anos. 

Para prevenir esse tipo de câncer, deve-se ter uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais e com baixo teor de gordura (principalmente de origem animal). Além disso, outros hábitos saudáveis são recomendados, como fazer pelo menos 30 minutos diários de atividade física, diminuir o consumo de álcool e principalmente não fumar. 

Infelizmente, o preconceito ainda é o maior inimigo. Muitos homens deixam de fazer o exame preventivo por esse motivo e acabam sendo diagnosticados em fases avançadas da doença, em que não há mais chance de cura.

© 2019 Urologista Marcelo Salim. Todos os direitos reservados.
onclick="ga('send', 'event', 'botao', 'clique', 'enviar');"